Ocorreu um erro neste gadget

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

sexta-feira, 27 de novembro de 2009

O PLANO DIVINO PARA A FAMILIA






O Plano Divino para a Família

"...Eu e minha casa serviremos ao Senhor" (Js 24.15)

A família que adora a Deus é base segura para a vida moral e espiritual do mundo. Cerca de 474 vezes, na Bíblia é mencionada a família, quase sempre relacionada com o chefe da mesma, por exemplo: a família de Rúben, a família de Elimeleque, etc. Além destes destaques, em muitas outras ocasiões ocorrem referências à família designada por casa ou geração - a casa de José, a geração de Terá.

DEFINIÇÃO DE FAMÍLIA

O que é família? a família não é um grupo de pessoas rivais alheias aos interesses umas das outras. Em termo de unidade, é o conjunto de todas as pessoas presentes, que vivem sob o mesmo teto, sob a proteção ou dependência do dono de casa ou chefe da família, que vivem na intimidade do lar, que se comunicam, que se amam e se ajudam reciprocamente.

OS FILHOS SÃO HERANÇA DO SENHOR

Os filhos são dados por Deus. Os pais devem esperá-los na expectativa de conforto, e não de cruzes; de bênçãos, e não de peso. Satanás tem ganho terreno na guerra contra a família. A ingratidão e rebelião dos filhos têm resultado na desafeição dos pais, a ponto de tentarem evitar filhos por meios prejudiciais à saúde, ou mesmo criminosos - o aborto por exemplo. Os crentes em Cristo, ao contrário, devem ter consciência de que os filhos não só lhes pertencem, mas também são filhos de Deus.

TODA A FAMÍLIA NA CASA DE DEUS

"Subiu aquele homem, Elcana, com toda a sua casa, a sacrificar ao Senhor o sacrifício anual e a cumprir o seu voto". Compare Ec 5.4 . Deus tem planejado a salvação para toda a família. A promessa de Deus é: "Crê no Senhor Jesus Cristo e serás salvo, tu e a tua casa" (At 16.31)

ASPECTOS DO PLANO DIVINO PARA A FAMÍLIA

Deus honra a nossa fé e o nosso ardente desejo de ver nossos filhos dedicados à Sua obra. Consideramos o seguinte: a) deve ser do nosso reconhecimento que os filhos são rebentos dedicados a Deus, porque dele os recebemos. Também recordemo-nos de que estes pertencem ao Senhor por direito soberano, embora permaceçam conosco, para nossa alegria;
b)os filhos que entregamos a Deus podem ser considerados como a Ele emprestados. A isto Deus retribuirá com abundantes bênçãos. A mais disto, o êxito dos nossos filhos ao permanecerem firmes na fé e trilharem junto conosco os retos caminhos do Senhor, é sobremodo gratificante;
c)os filhos educados nos caminhos do Senhor podem aprender a adorar a Deus desde a infância, pois lemos: " Samuel ministrava perante o Senhor, sendo ainda mancebo" (1Sm 2.18).
d)o ambiente da família é o mais apropriado para a adoração a Deus.

"Sujeitai tu e tua família a Deus, e tua casa encherá de maravilhas sem fim

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

História de minha cidade Natal Martins Rio Grande do Norte

História da Cidade



No século XVIII, quando o Capitão-Mor da Aldeia de São João do Apodi, Aleixo Teixeira recebeu terras pertencentes a Serra do Campo Grande, originou-se um povoado numa localidade de terras da antiga Serra da Conceição. Segundo historiadores, nesse período já existiam pequenos núcleos de algumas fazendas.
Foi com a presença de Francisco Martins Roris, em 1742, que o povoado começou a sua evolução. Ao tomar posse das terras da Data Telha, localizadas entre os rios Apodi e Umari, Francisco Martins responsabilizou-se pela construção da capela de Nossa Senhora da Conceição, assumiu o comando da serra e contribuiu muito para desenvolvimento do povoado através da prática de vários trabalhos.
Em 1779, sua atuação naquela região era tão intensa que o povo da localidade de Serra da Conceição, nome oficial do povoado, passou a chamar área de Serra do Capitão Martins ou simplesmente Serra dos Martins. A vontade do povo prevaleceu e tornou-se realidade quando no dia 10 de novembro de 1841, através da Lei nº 71, o povoado desmembrou-se de Portalegre, ao mesmo tempo em que criado o município da Maioridade.
Após seis anos com esta denominação, em 30 de outubro de 1847 o município da Maioridade mudou outra vez de nome passando a se chamar Cidade de Imperatriz, em homenagem à Imperatriz do Brasil. Finalmente, em fevereiro de 1890, a famosa e agradável Serra do Martins passou , definitivamente, para a história com o nome oficial de Martins.
Nas serras úmidas de Martins está um dos climas mais agradáveis do Rio Grande do Norte, de grande potencial turístico em decorrência da situação física, cultural e histórica, mediante exploração a ser feita com incentivos governamentais que sejam orientados à saúde, repouso e boa qualidade de vida durante o período de férias.

Fonte: idema.rn.gov.br

sexta-feira, 2 de outubro de 2009

Se não fora o senhor jesus na minha vida, não seria nada!!!

Deus Fala


Deus Ainda Fala Com as Pessoas?

Um jovem foi para o estudo da Biblia numa noite de Quarta-feira.
O pastor dividiu a sessao entre ouvir Deus e obedecer a palavra do Senhor.
O jovem no pode deixar de querer saber se "Deus ainda fala com as pessoas?".

Apos a pregacao, saiu para um café com os amigos e discutiram aquela mensagem.
De formas diversas eles falaram como Deus tinha conduzido as suas vidas de maneiras diferentes.

Eram aproximadamente 10 horas quando o jovem comecou a dirigir-se para casa.
Sentado no seu carro, ele comeou a pedir... "Deus! Se ainda falas com as pessoas, fala comigo.
Eu irei ouvir-te. Farei tudo para te obedecer".

Enquanto conduzia pela rua principal da cidade, ele teve um pensamento muito estranho...
"Para e compra um litro de leite". Ele balancou a cabeca e disse alto...
"Deus, o Senhor?". Nao obteve resposta e continuou a conduzir para casa.

Porem, novamente, surgiu o pensamento "compra um litro de leite".
O jovem pensou em Samuel e como ele nao reconheceu a voz de Deus, e como Samuel correu para Eli.
"Muito bem, Deus! No caso de seres o Senhor, eu comprarei o leite".
Isso no parece ser um teste de obediencia muito dificil.
Dado que poderia tambem usar o leite. O jovem parou, comprou o leite e reiniciou o caminho de casa.

Quando passava pela setima rua, novamente ele sentiu um pedido... "Vira naquela rua".
Isto e loucura, pensou e, passou direto pelo retorno.
Novamente ele sentiu que deveria ter virado na setima rua. No retorno seguinte, ele virou e dirigiu-se pela setima rua.
Meio brincalhao, ele disse alto "Muito bem, Deus. Eu assim farei".

Ele passou por alguns quarteires quando de repente sentiu que devia parar.
Travou e olhou em volta. Era uma area mista de comercio e residencias.
Nao era a melhor area, mas tambem nao era a pior das vizinhancas.

Os estabelecimentos estavam fechados e a maioria das casas estavam escuras, como se as pessoas ja tivessem ido dormir.
Exceto uma do outro lado que estava acesa.

Novamente, ele sentiu algo, "Vai e da o leite as pessoas que estao naquela casa do outro lado da rua".
O jovem olhou a casa. Comecou a abrir a porta, mas voltou a sentar-se.
"Senhor, isto e uma loucura. Como posso ir para uma casa estranha no meio da noite?".

Mais uma vez, ele sentiu que deveria ir e dar o leite.

Finalmente, ele abriu a porta, "Muito Bem, Deus, se e o Senhor, eu irei e entregarei o leite aquelas pessoas.
Se o Senhor quer que eu pareca uma pessoa louca, muito bem. Eu quero ser obediente.
Acho que isso vai contar para alguma coisa, contudo, se eles no responderem imediatamente, eu vou embora daqui".

Ele atravessou a rua e tocou a campainha. Pode ouvir uma barulho vindo de dentro, parecido com o choro de uma crianca.
A voz de um homem soou alto: "Quem esta ai? O que e que voce quer?".

A porta abriu-se antes que o jovem pudesse fugir. Em pe, estava um homem vestido de jeans e camisa.
Tinha um olhar estranho e no parecia feliz em ver um desconhecido a porta de sua casa. "O que e? ".
O jovem entregou-lhe o litro de leite.

"Comprei isto para voces".

O homem segurou no pacote de leite e correu para dentro a falar alto.
Depois, uma mulher passou pelo corredor com o leite e foi para a cozinha.
O homem seguia-a segurando no bracos uma crianca que chorava.

Lagrimas corriam pela face do homem e, ele comecou a falar, emocionado:
"Nos oramos. Tinhamos muitas contas para pagar este mes e o nosso dinheiro tinha acabado.
Nao tinhamos mais leite para o nosso bebe.
Apenas orei e pedi a Deus que me mostrasse uma maneira de conseguir leite".

Sua esposa gritou la da cozinha:

"Pedi a Deus para mandar um anjo com um pouco... Voce e um anjo?

O jovem pegou a sua carteira e tirou todo dinheiro que havia nela e colocou-o na mao do homem.
Voltou-se e foi para o carro, enquanto as lagrimas corriam pela sua face.

Ele compreendeu então, que Deus ainda fala com as pessoas.

sábado, 26 de setembro de 2009

Cura da nossa alma!


A cura de nossa doença espiritual
Já vimos que a pimeira dimensão daqueles que são `` pobres

de espírito´´ consiste na percepção de sua pobreza espiritual. E essa nossa pobresa pode ser vencida? sim! E isso nos transporta á segunda dimensão daquilo que Jesus quis dizer com ser`` pobre de espírito´´.



Segundo: Se somos pobres de espírito, então devemos receber as riquezas que Cristo nos proveu por meio de sua morte e ressurrição.



Não seria maravilhoso se pudéssemos achar uma cura absoluta para as dificuldades da condição humana? suponhamos que pudéssemos aplicar uma injeção no braço da raça humana inteira que a replenasse de amor, em lugar de ódio, e de contentamento em lugar de ganância . Isso solusionaria de pronto todos os problemas que o mundo enfrenta no mundo.



A notícia mais emocionante do mundo inteiro é o fato de que essa cura existe! Foi providenciado um medicamento!

As pessoas podem ser perdoadas de todo seu pecado!

O pecado, a confusão e a desilusão diante da vida podem ser substituídos pela retidão, pela alegia, pelo contentamento e pela felicidade. A alma pode ser invadida po uma paz que não depende das circunstáncias externas. Essa cura foi provada por Jesus Cristo há dois mil anos. Na cruz do calvarário. ( Lucas:23.44_48)

terça-feira, 25 de agosto de 2009


vaso rachado!

Um carregador de água, na Índia, tinha dois grandes vasos que colocava nos extremos de um pau que ele levava acima dos ombros. Um dos vasos tinha uma rachadura, enquanto outro era perfeito e entregava a água completa ao final da larga caminhada a pé, desde o riacho, até a casa de seu patrão.Quando chegava, o vaso rachado só tinha a metade da água. Por dois anos completos, isto foi assim diariamente. Desde o início, o vaso perfeito estava muito orgulhoso de seus resultados. Era perfeito para os fins o qual fora criado.Porém, o pobre vaso rachado estava muito envergonhado de sua própria imperfeição e se sentia miserável porque só podia conseguir a metade do que se supunha devia fazer. Depois de dois anos, falou ao aguador, dizendo-lhe:”Estou envergonhado de mim mesmo e quero me desculpar contigo”…”por quê?” Perguntou-lhe o aguador.”Porque devido às minhas rachaduras, só podes entregar a metade de minha carga. Devido às minhas rachaduras, só obténs a metade do valor que deverias”.O aguador ficou muito enternecido pelo vaso e com grande compaixão lhe disse:”quando regressarmos à casa do patrão, quero que notes as belíssimas flores que crescem ao longo do caminho”.Assim o fez e, com efeito, viu muitíssimas flores belas ao longo de todo o caminho, porém de todo modo se sentiu muito triste porque ao final só levava a metade de sua carga. O aguardor lhe disse:”Te deste conta de que flores só crescem no lado do teu caminho? Sempre tenho sabido de tuas rachaduras e quis obter vantagens delas, semeei sementes de flores ao longo de todo o caminho por onde tu vais e todos os dias tu as têm regado. Por dois anos eu tenho podido recolher estas flores para decorar o altar de meu mestre. Se não fosse exatamente como és, ele não teria tido essa beleza sobre a sua mesa”.Cada um de nós tem suas próprias rachaduras. Todos somos vasos rachados, porém se permitirmos a Jesus utilizar nossas rachaduras para decorar a mesa de seu Pai… “Na grande economia de Deus, nada se desperdiça”.( autor desconhecido)

terça-feira, 11 de agosto de 2009

A vitória pela fé


A vitória ganha por fé (marcos 5.24-2)




Introdução




Nesta mensagem vamos aprender o poder da fé, o que a fé


de uma pessoa pode fazer, quando bem alicerçada em Cristo


jesus. Esta mulher nos deixa um grande exemplo de fé e


esforço.




I. sua decepção




a. Condenada a morte V.6 padecerá nas mãos de vários


médicos.


b. Recursos humanos falidos tendo despedido tudo quanto


tinha ou possuía.


c. Sem estimulo para viver, sem com tudo nada aproveitar,


antes pelo contrário ia tudo a pior.




II.Sua ultima esperança




a. ouvir falar de jesus. ``Bem Aventurados aqueles que ouvem e crêem´´.


Quando ouvimos falar de jesus, alguma cisa acontece.


b. Foi ao encontro de jesus. veio por traz dele por entre a multidão. È


preciso ir ao encontro de jesus, se quisermos a sua bênção.


c.Deparou com obstáculos:


-A multidão impedia a sua passagem;


-A opinião publica: o que pensarão de mim;


-desanimo pela dificuldade para chegar


a jesus.




III.Despertou a sua fé




a.Se eu apenas tocar na orla de seu vestido


c.E preciso tocar em jesus pela fé




IV.A sua vitória




a.Colocou sua fé em acção


b.Sua fé foi recompensada


c.Sentiu seu corpo estar curado.




Conclusçao




A maior enfermidade hoje não é o Câncer e muito


menos a AIDS que mata milhões de pessoas, mais sim


o pecado que além de matar o corpo conduz o homem


ao inferno(eternidade sem Cristo).






terça-feira, 28 de julho de 2009

A vinda do filho do homem


(Mateus 24.29)

Jesus Disse:
_Depois daqueles dias de sofrimento,o sol ficará escuro,e a lua não brilhará mais. As estrelas cairão do céu ,e os poderes do espaço serão abalados.
Então o sinal do filho do homem aparecerá no ceú.
todos os povos da terra chorarão e verão o filho do homem descendo nas nuvens, com poder e grande gloria. A grande trombeta tocará, e ele mandará os seus anjos para os quatro cantos da terra. E os anjos reunirão os escolhidos de Deus de um lado do mundo até o outro.

segunda-feira, 15 de junho de 2009

Felicidade por meio da mansidão


``Bem- aventurados os mansos, porque eles herdarão a terra.´´ Mateus5.5


Quando estamos separados de Cristo, em certo sentido somos como animais ferozes. Vivemos de acordo com os nossos próprios desejos e a nossa volição, obedecendo a nossos próprios instintos e governando as nossas vidas. Mas quando nos achegamos a Cristo, nossos alvos tornam-se diferentes. então passamos a querer vivemos para ele e fazer a sua vontade.Isso é a vontade de Deus para connosco,porquanto Cristo`` morreu por todos, para que os que vivem não vivam mais para si, mas para aquele que por eles morreu e ressuscitou´´(2coríntios5.15).


somos `` mansos´´,submissos para com a vontade de nosso senhor, sempre dispostos a trabalhar pra ele.E quando a nossa vida e nosso coração são caracterizados por uma autêntica mansidão, então conhecemos a verdadeira felicidade.

quarta-feira, 27 de maio de 2009

Felicidade em meio á lamentação



´´Bem-aventurado os que choram, porque eles serão consolados.``




Chega o dia, em nossa vida, quando frases de encorajamento, embora sinceras e de boa mente, com: ´´deixa pra lá colega `` ou ´´Anima-se, amigo`` não conseguem mais arrancar-nos do abismo profundo do desânimo. Visto que nossas necessidades são mais profundas do que apenas psicológica, sugestões dessa orem apenas parecem aguçar nosso senso de desamparo.


A grande verdade é esta: Sem importar a nossa esperteza, as nossas realizações e os nossos engenhos, somos apenas pau -pérrimos espirituais quando não temos Deus.


A mensagem de Cristo dirigia-se a um grupo espesífico---os´´pobres``, os pobres de espírito. Asseverou Cristo: O espíito do senhor é sobre mim, pois que me ungiu para evangelizar ao pobre...``(lucas 4.18).


Isso não quer dizer.contudo, que a mensagem de Cristo visava somente aos financeiramente pobres, aos socialmente pobres, aos intelectualmente pobres.


Mas significa que ele se dirigia àqueles que reconhecessem sua pobreza espiritual.


Paulo escreveu acerca dos crentes da macedónia: ``...em muita prova de tribulação houve abundância do goso,e como a sua profunda pobres abundou em riquezas da sua generosidade´´(2 Coríntios 8.2)

segunda-feira, 25 de maio de 2009

Jesus está a porta


A nossa volta vemos a arrogância, o orgulho e o egoísmo: e essas atitudes resultam do pecado. Mas do céu ecoa uma voz que se dirige á humanidade atormentada e em franca bancarrota: ´´Aconselho-te que de mim compres ouro provado no fogo, para que te enriqueças; e vestidos brancos, para que te vistas, e não apareça a vergonha da tua nudez; e que unjas os teus olhos com colírio, para que vejas[...] eis que estou á porta , e bato; se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e com ele cearei, e ele comigo``(Apocalipse 3.18,20).

sábado, 23 de maio de 2009

Servindo a Cristo


Se filho de Deus, não nos compete apenas sentarmo-nos a um canto para desfrutar egoisticamente de nossos privilégios. pelo contrário, Deus quer que usar-nos a fim de servi-lo e de ajudar a nossos semelhantes. Mas, antes de podemos fazer isso, alguma outra coisa precisa suceder em nossos corações, se verdadeiramente quisermos conhecer o pleno sentido das palavras de jesus:`` bem -aventurados os pobres de espírito.´´






Se quisermos ser pobres de espírito, então devemos estar dispostos a negar a nós mesmos, para podermos servir melhor a Cristo.






Os pobres de espírito são aqueles que estão dispostos a desistir de todos os próprios recursos, fazendo conforme jesus recomendou:``...renuncie-se a si mesmo, tome sobre si a sua cruz, e siga-me´´( Mateus 16.24).

quinta-feira, 7 de maio de 2009

As bem - aventuranças: Chave divina para a busca humana


Sim, todo ser humano que já nasceu anela pela paz, por propósito na vida e pelo o próprio Deus. Mais podemos chegar a conheser essas coisas? Nossa busca poderá chegar a um térmiono feliz? Nossa inquirição pela verdadeira felicidade poderá vir a ser satisfeita? A Biblia responde com um altissonante ``sim!´´ E é nas oito bem- aventuranças que Jesus nos postrou o caminho.


``Bem- aventurados... ´´ Nessa palavra, pois, ele nos estava se gredando que há resposta para a nossa busca! podemos conhecer a paz. podemos conhecer a verdade que cerca a nossa existência. Podemos ser bem-aventurados, felizes!


A RESPOSTA ESTA EM JESUS


DISSE JESUS Á MULHER, Á BEIRA DO POÇO DE JACÓ: `` MAIS AQUELE QUE BEBER DA ÁGUA QUE EU LHE DER NUNCA TERÁ SEDE´´ (JOÃO 4.14).


AQUELA MULHER DESILUDIDA E ENFERMADA PELO O PECADO SERVIU DE SÍMBULO DA RAÇA HUMANA INTEIRA. OS ANSEIOS DELA SÃO OS NOSSOS ANSEIOS! O GRITO DO CORAÇÃO! O PECADO DELA É O NOSSO PECADO! MAS O SALVADOR DELA PODE SER O NOSSSO SALVADOR! O PERDÃO QUE ELA RECEBEU PODE SER O NOSSO PERDÇÃO! E A ALEGRIA DELA PODE SER A NOSSA ALEGRIA!!

quarta-feira, 6 de maio de 2009

As três coisas que buscamos



Em primeiro lugar buscamos a paz


A raça humana inteira consome-se em torno da busca pela paz interior, pela felicidade e pela alegria.


Mas a paz que desejamos não é meramente a chamada paz mental, que ninhguém consegue descrever, que se mostra cega á realidade ou que aparece e desaparece segundo á nossa disposição e as nossas circuntâncias. A paz que todo homem e toda mulher procuram é aquela que os liberte das ansiedades e frustrações dos conflitos e problemas que nos acossam a vida. Etamos falando da paz da alma, que permeia o ser inteiro da pessoa, uma paz que perdura mesmo diante das tribulações e fardos que temos de carregar na vida diária.


Em segundo lugar, buscamos um propósito .


O homem sente-se confuso e perplexo, sem saber de onde veio, por qual razão está no mundo e para onde está indo. Ele quer saber se realmente existe alguma verdade neste universo. Não apenas a verdade das ciências físicas e matemáticas, mas as verdades que disem respeito ao seu ser e ao motivo por que ele está neste mundo.


EM TERSEIRO LUGAR BUSCAMOS RELACIONAMENTO COM DEUS


MESMO QUE OS HOMEM NEGAM COM VEEMÊNCIA DE DEUS, AINDA ASSIM ESTÃO PROCURANDO POR ALGO QUE PREENCHA QUE HÁ EM SUAS ALMAS. MAS ESSE É UM VAZIO QUE FOI POSTO ALI POR DEUS, E QUE SOMENTE ELE É CAPAZ DE PREENCHER .

O HOMEM FOI CRIADO Á IMAGEM DE DEUS. NO COMEÇO, ADÃO E EVA GOZAVAM DE PERFEITO COMPANHEIRISMO COM DEUS TODAVIA, VOLTARAM AS COSTAS AO SENHOR, SUBSTITUINDO- O POR SI MESMOS COMO CENTRO DE SUAS VIDAS, REPELINDO ASSIM AO CRIADOR. AGORA, POIS, O HOMEM É UM VAGABUNDO PERDIDO E SOLITÁRIO SOBRE A TERRA, APARTANDO DE DEUS. NÃO BASTA O HOMEM TER VAGO CONHECIMENTO DE QUE DEUS EXISTE. O HOMEM ANELA SEGURAÇA DE SABER QUE NÃO ESTÁ SOZINHO NO UNIVERSO, DE SABER QUE EXISTE UM PODER SUPERIOR QUE ESTÁ DIRIGINDO O DESTINO DOS HOMENS. O HOMEM ANSEIA POR ESTABELRCER RELAÇÃO DE AMIZADE COM O SEU CRIADOR . MESMO QUE NÃO QUEIRA ADMITIR ESSA NECESSIDADE.


(MATEUS 4. 4)


NEM SÓ DE PÃO VIVERÁ O HOMEM, MAS DE TODA A PALAVRA QUE SAI DA BOCA DE DEUS.





segunda-feira, 4 de maio de 2009

A busca pela felicidade em lugares errados


Há mais de dois mil e quinhentos anos, o profeta Isaías referiu-se a um povo que anelava pela felicidade e pela segurança, mas que as estava buscando em lugares errados. Estavam correndo para os mercados e para diversões,dilapidando loucamente seu dinheiro com coisas que não traziam satisfação permanente.


Um dia, ele se pós de pé diante do povo e lhes transmitiu a palavra de Deus: ``O vós todos os que tendes sede , vinde ás águas,e os que não tem dinheiro,vinde comprai, e comei ; sim, vinde comprai, sem dinheiro e sem preço, vinho e leite. Porque gastais o dinheiro naquilo que não ode satisfazer? Ouvi-me atentamente, e comei o que é bom, e a vossa alma se deleite com a gordura´´ ( Isaías 55.1,2).








Isaías não falou em tons negativos e nem os repreendeu severamente por causa dos pecados deles, nesse sermão. Ele não arrancou a garrafa da mão do alcoólatra, ele não envergonhou face ás suas práticas imorais. Isaías deixou de lado, momentaneamente, todos esses pecados. E meramente perguntou a seus ouvintes:´´Vocês estão obtendo da vida o que querem ? Por que vocês estão gastando naquilo que não é pão e estão suando por causa daquilo que nao o satisfaz?








A FELICIDADE QUE VALORIZA PERMANENTEMENTE A VIDA DE UMA PESSOA NÃO É AQUELA FELICIDADE SUPERFICIAL QUE DEPENDE DAS CIRCUNSTÁNCIAS EXTERNS. MAS É AQUELA FELICIDADE,AQUELE CONTENTAMENTO QUE REPLENA A ALMA EM MEIO ÁS MAIS PERTUBADORAS CIRCUNSTANCIAS, AO MEIO AMBIENTE MAIS ADVESO.ESSE É O TIPO DE FELICIDADE QUE SOBREVIVE ,MESMO QUANDO A COISAS NAO CORREM DIREITO E SORRI POR ENTRE AS LAGRIMAS .




A FELICIDADE PELA QUAL A NOSSA ALMA NOS DÓI É AQUELA QUE NÃO SE DEIXA ABALAR POR SUSSESO OU PELO FRACASSO, QUE RESIDE NO MAIS PROFUNDO DO NOSSO SER, QUE NOS CONFERE TRANQUILIDADE, PAZ E CONTENTAMENTO INTERIORES , A DESPEITO DE PROBLEMAS QUE ESTEGAMOS PASSANDO. ESSE TIPO DE FELICIDADE DISPENSA QUALQUER FORMA DE ESTÍMOLO EXTERIOR.




quinta-feira, 30 de abril de 2009

A busca pela Felicidade


Disse certa feita um filósofo francés: ´´O mundo inteiro está em uma busca louca atrás de segurança e felicidade.`` Um milionário do Texas confidenciou: ´´Eu pensara que o dinheiro podia comprar a felicidade, mas eu etava miseravelmente enganado.`` Uma famosa estrela do cinema inrrompeu: ´´tenho dinheiro, glamourosa e popular. Eu deveria ser a mulher mais feliz do mundo, mas sinto -me miserável. por que? ``


Certo homem foi consultar um psiquiatra. Disse ele:´´Doutor, sinto-me solitário,desanimado e miseravél. O senhor podeia ajuda-me?´´ O psiquiatra

sugeriu que ele fosse a um circo para assistir a um famoso palhaço que , segu-

gundo o médico, era capaz de fazer rir ao sujeito mais desesperado. Mas o pa-

ciente retucou: ´´Mas esse palhaço sou eu!``


(mateus 5.3)

_Felizes as pessoas que sabem que são espiritalmente pobres,

Pois o ``Reino do Cêu é delas.






















segunda-feira, 27 de abril de 2009

Quem era jesus?


Qem era Jesus?
O Antigo testamento havia ensinado que o Cristo seria um homem manso.
Ele haveria de tornar o choro em aleria; que a retidão sria sua comida e bebida; e mesmo na cruz seria essa a sua maior fome e sede.
Somente ele , na inteira hitória da humanidade,expermentou plenamente aquilo que ele nos disse,-o como o Salvador que veio para nos redimir-nos e que continua a ensinar aos seus seguidores .
Mais que isso ,entretanto, ele é aquele que ns dá o poder necessário para vivermos em harmonia com os seus ensinamentos

Quem era jesus?

Jesus não foi somente um homem,mais é o próprio Deus ,que desceu da glória celeste para andar neste mundo e mostrar-nos como é Deus. Crsito ´´é imagem de Deus invisivel`` ( Colossenses 1.15). Mais do que issso, ele é o salvador, divinamente designado , que morreu pelos pecadores e expiou suas trangressões na cruz do Calvário.

O Evangelho consiste nas boas-novas.

quinta-feira, 23 de abril de 2009

A verdadeira Felicidade

O sermão do Monte

(mateus:5)
Biblia linguagem de hoje

_Felizes as pessoas que sabem que são
espirualmente pobres,
pois o reino do Cêus é delas.

Os pobres de espirito...

as três coisas que buscamos

Em pimeiro lugar ,buscamos apaz.
Em segundo lugar, buscamos um propósito.
Em terceiro ,buscamos relacionamento com Deus.

As bem-aventuranças: chave divina para a busca humana

Apalavra inicial de Jesus foi: Bem -aventurado....

Nessa palavra,pois ,ele quis dizer que podemos ter paz....
podemos conhecer a Deus.
E é vistodessa possibilidade que podemos ser bem-aventurados,felzez!!!!!!!!!






terça-feira, 14 de abril de 2009